6.6.12

música (das boas) do dia!

Bom,

A música de hoje é daquelas bem menininha patricinha e gruda na cabeça que nem chiclete. Desde ontem não consigo parar de ouvir. O nome da cantora é Carly Rae Jepsen. Eu mesma não sou de gostar de músicas muito comerciais, mas essa, em especial é pra lá de alegre. Além disso conta com um clipe super descolado e engraçado. Eu me surpreendi com o final dele. Confiram:




23.5.12

Ouça o novo CD de regina spektor na íntegra

Regina-Spektor-What-We-Saw-From-The-Cheap-Seats2
A simpática e talentosíssima Regina Spektor está prestes  de lançar o álbum sucessor de Far (2009).

Ele se chama What We Saw From The Cheap Seats O site Noize disponibilizou o streaming do álbum e você pode ouvir ele aqui. (ATENÇÂO: No streaming não contém as Bonus Track)

O álbum contém 11 músicas e 3 faixas bônus. Dentre elas o single “All The Rowboats” (que foi apresentado por ela no programa do David Letterman) e “Don’t Leave Me (Ne Me Quitte Pas)

Depois desse álbum, ela havia lançado o “Live in London”, em 2010. O sucesso de Regina foi ganhando mais repercussão no Brasil quando a música “Fidelity” entrou na trilha sonora da novela “A Favorita

As músicas grifadas são minhas prediletas:
1 – Small Town Moon
2 – Oh Marcello
3 – Don’t Leave Me (Ne Me Quitte Pas)
4 – Firewood
5 – Patron Saint
6 – How
7 – All The Rowboats
8 – Ballad of a Politician
9 – Open
10 – The Party
11 – Jessica
12 – Call Them Brothers (Bonus Track)
13 - The Prayer Of Francois Villon (Bonus Track)
14 – Old Jacket (Bonus Track)










Take Care,
15.4.12

dica: lindsey stirling

Lindsey Stirling Wallpaper__yvt2

Lindsey Stirling tem 25 anos e é musicista, violinista, compositora, performance e dançarina. Em 2010, ela concorreu a uma vaga em um dos maiores reality shows de música: O America’s Got Talent. Além de ter um super talento para o violino, em seus videoclipes ela dança e faz performances incríveis! Os cenários são maravilhosos e têm aquele toque especial de Terra Média e The Lord of The Rings.

E não é só isso, ela chegou a fazer vídeos na Áustria e na Nova Zelândia e também compôs o tema do jogo Skyrim. Quase todo geek/nerd/gamer já ouviu pelo menos algumas de suas lindas canções. Confesso que não sou muito fã de jogos, e nem estou falando deles com tanta propriedade aqui, mas a violinista é de tirar o chapéu.

Eu fico na torcida para que ela venha fazer shows (e quem sabe performances) aqui no Brasil. Afinal, aqui também tem lugar bonito! Assim fica mais facil da gente sequestrar ela. RÁ!

Vale conferir algumas de suas músicas abaixo, dentre elas, o epic medley de The Lord of the Rings e o tema de The Legend of Zelda:

(minha predileta!)

Take Care,

Yasmine

5.4.12

A Lei de Murphy da blogosfera

Tirinha

É esse tipo de coisa que me deparo todo santo dia no facebook

Fonte: Kung Fail

Em meados de 2005, o mundo dos blogs se resumia em conteúdos pessoais, contos, diários e relatos do dia a dia. As pessoas que escreviam entravam em discussões sobre assuntos corriqueiros que aconteciam na vida delas, além de produzir conteúdo literário. Mas isso hoje em dia acabou. Com o passar do tempo, surgiu o microblog Twitter, para as pessoas escreverem sobre o dia em nada mais de 140 caracteres. E os blogs foram ficando cada vez menos visualizados.

O mundo da blogosfera de hoje resume-se em tirinhas de “memes”, conteúdo de humor fraco, aleatoriedades e muito pouco texto. O que assusta é que esses tipos de sites são visitados por milhares de pessoas diariamente. Basta um adolescente de 13 anos produzir uma tirinha mal feita no paint, de coisas do tipo “Se isso já aconteceu com você, compartilhe”, que já é a chave para o “sucesso”.

Entretanto, os blogs com muito conteúdo textual e de qualidade existem, e não são poucos. Mas não recebem a atenção merecida e as pessoas não se interessam em ler. Isso ocorre porque o público gosta do que é fácil, descartável e de entretenimento de segunda linha. Existe uma quantidade muito grande de blogs com resenhas de livros, filmes e que são visitadas por um público seleto. Apesar do pouco reconhecimento, eles não perdem sua qualidade.

A espécie de “Lei de Murphy” que existe na internet se dá ao fato que a superficialidade tem mais atenção que a profundidade. O “meme”, não foi feito para virar tirinhas mal traduzidas. Ele foi criado em meados da década de 70. Segundo Richard Dawkins, os memes estariam para a cultura como os genes estão para a genética, assim como uma ideia, estilo ou comportamento se espalha de pessoa para pessoa. No caso dos blogs, qualquer coisa pode virar tirinha de meme, desde um gato tocando piano até um conversa comum entre amigos. No geral, o conceito de Dawkings não serve muito para descrever o fenômeno que ocorre nos blogs.

As ferramentas mais famosas, como Blogger e Wordpress vão ganhando menos espaço. Redes sociais para imagens, como o Tumblr e o Pinterest estão cada vez mais em alta. O foco da grande massa que acessa essas redes é compartilhar imagens requentadas e com as mesmas ideias. É claro que há ótimos cartunistas, fotógrafos, humoristas e ilustradores espalhados pela internet que demoram horas para produzirem seus conteúdos. Porém eles são “destruídos” pela massa ignorante que tem preguiça de pensar.